20081130

"ESCOLA + " INAUGURAÇÃO

17 comentários:

Anônimo disse...

que esta escola seja um espaço onde se recrie e se celebre a vida em toda a sua beleza na harmonia entre as varias vertentes artisticas! onde o lado humano se revele com toda a grandeza de q e capaz !

A-Verdadeira disse...

O Dr. Jorge Fagundes ficou lindamente nas fotos. Não o tenho lido por aqui.
Será que está doente?

kira disse...

o dr. jorge fagundes está, felizmente, óptimo de saúde.
tem visitado pouco os blogs, não sei se por causa do congresso...(ai não, o doutor é de outro partido) ou porque o trabalho tem apertado.

kira disse...

ao anónimo das 14,37 o meu obrigado.

kira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
kira disse...

o comentário excluido porque estava em duplicado. erro meu.

jorge fagundes disse...

O Kira, mesmo sem procuração (não necessária) respondeu bem quanto a eu estar bem de saúde.
Quanto à "malandrice" do congresso, é público e sabido que, não sendo do Partido, já estive num deles, como convidado (creio que foi o IX realizado no Barreiro). E mesmo correndo o risco de levar alguma"mordidela", devo salientar que gostei, muito em especial por ter sido apresentado ao Dr. Álvaro Cunhal com quem, sendo eu então Vereador da nossa Câmara, mantive uma agradável conversa.
Ao contrário do que diz o Kira, continuo a, diariamente, aceder a alguns dos blogs locais, mas, e aí tem razão, sem muito comentar. Às vezes bem me apetece mas, por delicadeza e para não causar embaraços, deixo para outros o papel de elefante em loja de porcelanas.

jorge fagundes disse...

Em tempo: o meu obrigado à Florbela pelo seu interesse pela minha saúde e por, para vaidade minha, uma vez mais admirar os meus dotes fotogénicos!

A-Verdadeira disse...

Álvaro Cunhal era um Senhor.
Apesar de não ser de esquerda, tenho uma fotografia autografada por ele, bem como outra do Salazar, também autografada. Pode parecer bizarro mas tenho ambas penduradas no meu escritório de casa bem atrás de mim.
Muitas vezes, quando estou atrapalhada com um caso mais "bicudo", dou por mim a pedir inspiração aos dois. Como sabem, ambos eram dois juristas como nunca há-se haver igual. Que me perdoem os restantes colegas.

Admiro-os muito pelo seu sentido de Estado e pelas pessoas que foram.

Não tenho medo de o dizer publicamente.

Anônimo disse...

a graça das graças é que tendo o Dr Álvaro Cunhal dormido duas vezes em minha casa e outra descansado antes de uma palestra...
não tenho assinatura dele
tenho-o como tio dos meus filhos e isso é bom...
não estou no congresso por falta de participaçao, MAS tenho lá descendência...bem no alto ehehehh
não estive na inauguração da escola+ por falta de convite...
tenho pena...

A-Verdadeira disse...

A família Barreirinhas está ligada à minha família por laços de parentesco. Por isso tenho várias fotos dele, em família, uma delas dedicada e autografada, bem como um desenho da sua autoria, ambos pendurados nas paredes do meu escritório.

Não era preciso ser de esquerda para privar com Cunhal. Ele foi uma pessoa que se deu a toda a gente, muito especialmente à família.

Ele também fazia poemas. Alguns deles são muito belos e nunca foram divulgados.

THOR disse...

Florbela, ainda ontem estive a falar sobre ti, com um grupo de amigos portugueses, que estão comigo nos Emirados. Contei-lhes Sobre o choque que apanhei quando vi o Dr. Cunhal e o Dr. Salazar, lado a lado no teu escritório. Só mesmo tu, para teres esse rasgo brilhante.
Sabia que ainda há um parentesco por via dos Barreirinhas, mas não te sabia tão corajosa ao ponto de o admitires publicamente.
Vim passar o Natal e dei uma volta pelos blogs que costumo visitar. Não resisti a comentar.
Aproveito para dizer ao Kira, que foi uma boa ideia ter fundado esta escola.

Um abraço amigo para os dois e espero que me telefones, já que eu não tenho o teu número novo.

Paulo Martins

Anônimo disse...

senhora verdadeira
são os valores...esses valores que o tio cunhal possuía e dava a que me refiro...
sou legado individual de um livro dele...a quem ele pediu, para guardar...lá o guardarei...
quanto ao o ter, nas suas costas com o seu mui distante e inimigo...com essa coisa ao lado ele não quereria estar...
coisa de valores...sabe, os seus, dele valores, mas senhora ..sei... são figuras públicas e como tal, sujeitas a tais exposições
com algum vexame...meu..com sua licença...senhora verdadeira...

Anônimo disse...

Parabéns Kira:
Como ser humano, quando fazes coisas tudo mexe à tua volta.Foste um sucesso já como professor e vais voltar a sê-lo.A tua escola vai ter procura pela simples razão que tens muito para ensinar e há muita gente a querer aprender.Não é um caminho fácil mas é um bom caminho...Não pude lamentavelmente estar presente mas sabes que estou sempre contigo sobretudo se precisares da minha ajuda como eu sei que tu também fazes o mesmo em relação a mim.São muitos anos .Tenho um grande conjunto de amigos meus, do Michel e de tantos outros amigos nossos que sugeriram que tu nos pudesses acompanhar noutras procuras que também são importantes e que tu observas há muitos anos...A próxima vez que estivermos juntos falamos sobre isso.Mas nunca te esqueças nunca deixes de pintar todos os dias.
aum grande abraço
Rocio Mendes

kira disse...

muito obrigado kim-zé.
esta mensagem foi a cereja no topo do bolo. senti efectivamene a tua falta, principalmente, porque sempre, durante tantos anos, tens estado comigo. tu fazes parte do pintor que sou para alem de seres tambem, o maior coleccionador da minha obra.
claro que nunca deixarei de pintar. é-me mesmo impossível.
um grande abraço e acredita no meu regozijo para acompanhar-te e aos amigos, como o michel.
espero a tua visita para quando o teu trabalho o permitir.
obrigado
kira

Verdadeiro disse...

Não se percebe nada do que o anónimo das 17H50 quer dizer. Parece que está com soluços.

Gabo o gosto à Verdadeira por ter esses dois facínoras pendurados no escritório dela. Se um era fascista, o outro fascista era.

Valores? Que valores?

Cunhal nunca trabalhou na puta da vida. Viveu sempre às custas da família que era muito rica.

Também comeu à custa do erário público enquanto esteve preso.

Bem que o anónimo pode limpar o cú ao tal legado e a Verdadeira podia queimar as fotos dos dois e o desenho do outro.

Um dia a história vai desmascarar o Cunhal, o Salazar e todos esses filhos da puta que puseram o país na merda em que está.

Não sei qual é o orgulho de ter um parente como o Cunhal. Deus me livre e guarde de ter parentes assim.

Não sei qual é o orgulho de ter um gajo daqueles a dormir dentro de casa.

Lixo com eles! Já!

A-Verdadeira disse...

Senhor "Verdadeiro", nem merece comentários.
O Senhor está gravemente doente.

Trate-se!