20120114

A CENSURA NOS ANOS 60

Um desenho de kira (gama) com poema de Rogério Vidigal, cortado pela censura. Note o famoso "lápis azul" e muito sumido já o carimbo Serviços de Censura - Sede - Cortado.
Hoje corta-se nos ordenados e nas reformas. Continuação? Progresso? Ou o regresso do fascismo ?

5 comentários:

Anônimo disse...

Como já te disse gosto muito desta fase do teu trabalho,alias tenho quatro ,um deles com o famoso carimbo ,e a minha filha Ana outros tantos. É sempre um prazer rever alguns que não conhecia e este é um deles... Parece que temos outra vez vinte anos e sentimos a sinceridade ,a inocência mas tambem a força desses tempos . Um abraço. RM

Anônimo disse...

Como já te disse gosto muito desta fase do teu trabalho,alias tenho quatro ,um deles com o famoso carimbo ,e a minha filha Ana outros tantos. É sempre um prazer rever alguns que não conhecia e este é um deles... Parece que temos outra vez vinte anos e sentimos a sinceridade ,a inocência mas tambem a força desses tempos . Um abraço. RM

kira disse...

obrigado Kim-Zé.
ou não fosses tu o meu maior coleccionador !

MACAU BANGKOK O MAR DO POETA disse...

Estimado Velho Amigo Gama,
Adorei a postagem, felizmente nunca fui censurado, ou talvez o tivesse sido pela Cules, pela Pide não porque pertencia à Bufa!....
Por favor atualiza os meus blogs.

http://www.cambetabangkokmacau.blogspot.com/

http://mosteirosbudistas.blogspot.com/

http://alentejanocambeta.blogspot.com/

O meu sincero muito obrigado
Abração amigo.
Seguitram os nomes dos tais chinocas que pedistes.

João disse...

Hoje são as pessoas que se censuram umas ás outras. E nem é preciso lápis azul. Basta haver uma ausência generalizada de carácter e respeito.

http://tripascoracao.blogspot.com/2012/01/perda.html

É o meu último texto. Aparece...
Abraço, Kira.